Público-Alvo e Persona

Como diferenciar um do outro ?

Esse material é parte é de nosso e-book “Construindo presença Digital.” – que você pode baixar gratuitamente nesse LINK. O material trata de diversas questões de como criar ou aprimorar sua presença digital.  Tem três pilares principais , para quem você vende, como você vende e o que você vende e conta com exercícios práticos a medida que introduz conceitos.

Disponibilizamos esse material para download gratuito com a intenção de colaborar com processo de aprimoramento e ganho de nosso clientes e para que possam tirar o máximo dos seus vídeos.

 

É de importância estratégica básica conhecermos quem compra de nós. E é justamente esse grupo de pessoas que nós buscamos informar quem somos, onde estamos e que o que vendemos é a solução que elas buscam,assim – elas tem a oportunidade de conhecer nosso negócio e tornar-se nossos clientes.

Mas parece inútil anunciar imóveis para jovens de 20 poucos anos sem filhos. Certo ? Por que seria um desperdício de recursos – Correto ?  Por que você está anunciando seu produto fora de um grupo de interesse. A esse grupo de interesse damos podemos chamar público-alvo.

 

 

 

“Em seu artigo “Público-alvo – o que é e como determinar o seu “- ele ainda vai mais longe e determina as diferenças entre o termo público-alvo e um termo que o leitor que está buscando se informar melhor nesse universo já está se familiarizando – buyer persona.

 

 

A buyer persona – ou persona – como é explicado no artigo é o comprador ideal, aquele que a empresa almeja que não lhe dá prejuízos nem problemas. “Em outras palavras, a buyer persona é o público alvo personalizado.” Vamos ver mais abaixo um exemplo de cada um dos dois na prática.

 Aprofundando a ideia da persona, o André Siqueira em seu artigo ” Persona: como e por que criar uma para sua empresa” eles nos dá a dica, ” Se você possui uma base de clientes, esse será o lugar perfeito para começar suas investigações. Mesmo que você tenha perfis diferentes de pessoas ou empresas que consumiram seu produto, alguns deles tendem a exemplificar a sua persona.” 

Nesse artigo – Ele ainda nos traz mais luz sobre a questão, e especifica um pouco mais a diferença entre público-alvo e persona, “Público-alvo é, de uma maneira geral, uma parcela abrangente da sociedade para quem você vende seus produtos ou serviços. Já a persona, como falado no tópico acima, é a representação do seu cliente ideal, de forma mais humanizada e mais personalizada.” Vamos ver a diferença em dois exemplos abaixo? Esses são o público-alvo e a persona da Leroy.

*Persona: Renato tem 22 anos e acabou de se formar em comunicação social, ele trabalha em uma agência de publicidade desde o terceiro semestre e foi contratado. Ele é solteiro, mora com a mãe – que é separada do pai – tem ótima relação com ambos, está juntando dinheiro pra fazer um MBA fora, mas enquanto isso gasta o que sobra em roupas festas e viagens próximas.

 

*Público-Alvo: Homens e Mulheres, de 18 a 30 anos, Estudantes e jovens profissionais recém-formados, Renda-média de R$ 2500,00, parte vive com os país, investem dinheiro em festas, roupas e viagens.

Percebe a diferença? O público-alvo trata de uma fatia específica social – enquanto a persona é uma humanização disso- uma personificação mesmo. E por que isso é feito? Quando você vai trabalhar sua comunicação e para atingir seu público-alvo – é mais fácil imaginar que a gente está falando com nosso público-alvo ou com o Renato? Conhecer o Renato nos possibilita acertar como falar com ele (de que maneira) e o que ele está lendo e onde. Vamos começar a trabalhar a persona e o público-alvo do seu negócio?  Baixe agora nosso e-book gratuito e aprodunde os conhecimentos que acabou de obter:

Pin It on Pinterest

Share This